terça-feira, 21 de janeiro de 2014

Primeiro dia em Portugal - 21_01_14

Nosso primeiro dia em Portugal (21/01/14).

Chegamos do aeroporto direto para a Herdade da Ajuda, fomos recebidos pelo enólogo Alberto Capitão que nos apresentou sua linha de vinhos.

Herdade da Ajuda - Vendas Novas - Portugal - +351 265 805 667 - geral@herdadedaajuda.pt 




Em seguida fomos ao simpático restaurante Canto dos Sabores e tivemos um banquete com quitutes do Alentejo...
Canto dos Sabores - Vendas Novas - Portugal - 265 805 174
















Saímos de Vendas Novas e fomos à Évora (cidade encantadora).

Deixamos nossas malas no Ecorkhotel, um hotel novo, moderno e aconchegante.

Ecorkhotel - Évora - Portugal - (+351) 266 738 500

Fomos recebidos com Licor de Amora


Depois de deixarmos nossas coisas no hotel, Eu, Danilo Ucha, Pedro Mello e Souza e Jeriel, fomos recebidos na Comissão Vitivinífera do Alentejo pela adorável Maria Amélia Vaz da Silva para finalizar o primeiro dia de degustações.


Comissão Vitivinícola Regional Alentejana - Évora - +351 266 746 498 (lá você terá uma imensidão de materiais sobre a região, além de todo apoio para auxiliar nas visitas das vinícolas).
   
Conhecemos os vinhos da Casa Agrícola Herdade do Monte da Ribeira apresentados pelos senhores João Carmona e Nuno Elias. (+351) 217 958-188


São vinhos de estilo moderno, muito equilibrados, com boa acidez, fáceis de beber, com bom corpo.
Assim que tiver a oportunidade farei uma harmonização e colocarei no blog.
São vinhos trazidos ao Brasil pela Importadora Tambuladeira.



Em seguida fomos apresentados aos vinhos do Monte da Comenda Grande, pelos senhores Nuno Lopes, António Noronha Lopes e Francisco Pimenta.
Além dos vinhos eles trabalham com enoturismo, possuindo 8 quartos para visitantes.
Também são vinhos modernos, fáceis de beber, com bom corpo e boa acidez. Em breve farei a harmonização no blog. Se quiser encontrar esses vinhos no Brasil contate: JOBTOTAL Brasil - Tiago M. Soares - (11) 3280-9611

Logo após, para encerrar o dia, tivemos um jantar maravilhoso no hotel...
Pena que as fotos ficaram escuras...




Fechamos com chave de ouro o primeiro dia?

Não posso esquecer de recomendar o serviço do Vitor Carneiro, da empresa Babika, que nos levou com todo conforto e atenção para vários lugares. +351 9169-41601. babikamail@sapo.pt, dando todo suporte necessário.

Rabo de Boi Casa com Herdade da Ajuda Premium 2009



No Restaurante Canto dos Sabores tivemos um verdadeiro menu degustação, e um dos pratos foi o Rabo de Boi (Burras e Rabo) delicioso. Harmonizamos com o Herdade da Ajuda e Herdade da Ajuda Premium que casou muito bem.

Aqui vocês poderão ver a simpática Paula Monteiro falando sobre o prato:



Rabo de boi

Ingredientes:
2 kg de rabo de boi em pedaços
4 dentes de alho picados
1 ramo de coentro picado
2 Cebolas picadas
2 Tomates pelados picados
60ml de azeite
300ml de vinho tinto seco
1 lts de água
sal e pimenta do reino quanto baste

Modo de Preparo:

1. Temperar o rabo de boi com sal e pimenta do reino.
2. Aquecer uma panela de pressão, acrescentar o azeite e selar os pedaços de rabo aos poucos, ir retirando e reservar.
3. Acrescentar primeiro a cebola, depois o alho e deixar refogar rapidamente.
4. Acrescentar o restante dos ingredientes, voltar o rabo de boi à panela e deixar cozinhar na pressão por aproximadamente 1 hora (até ficar macio).
5. Servir com arroz ou purê de batatas.
Obs: Se for possível utilizar o mesmo vinho que for beber no preparo do prato, é sempre preferencial...

Veja a harmonização AQUI

Esse prato comemos em um Restaurante muito simpático e agradável, chamado Canto dos Sabores, de comida bem caseira, fomos recebidos pela dona, Sra. Paula Monteiro.
Rua Capitão Custodio Janeiro Santana - Lote 7R/c - 7080 - Vendas Novas.
Email: geral@cantodossabores.com

Herdade da Ajuda Premium 2009 Casa com Rabo de Boi

Vinho: Herdade da Ajuda Premium 2007
Prato: Rabo de Boi (Veja a receita AQUI)
         Castas: 100% Alicante Bouschet 

         Safra: 2009
Vinícola: Herdade da Ajuda Nova
Álcool: 14%
País: Portugal (Alentejo)

Análise do vinho:

Vinho tinto, cor tijolo, límpido e brilhante.
No olfato franco, com aromas de frutas vermelhas maduras, notas de chocolate. Na boca apresenta boa acidez, bom corpo, boa persistência, e retrogosto de frutas escuras compotadas.
Fizemos a harmonização no Canto dos Sabores, de comida bem caseira com um rabo de boi muito bem feito.
Harmonização

Esse vinho com esse prato combinaram muito bem. 
Esse vinho tem estrutura e corpo, aguentou perfeitamente o peso do rabo de boi.
O rabo é uma carne rica em gordura, assim a acidez do vinho também foi fundamental na compatibilização.
As frutas compotadas casam bem com a riqueza do molho com tomates pelado.
Vale a dica: Herdade da Ajuda Premium


CASA COM VINHO

Herdade da Ajuda Reserva Branco Casa com Sopa de cação Alentejana

Vinho: Herdade da Ajuda Reserva Branco
Prato: Sopa de cação Alentejana (Veja a receita AQUI)
         Castas: Arinto e Antão Vaz 

         Safra: 2012
Vinícola: Herdade da Ajuda Nova
Álcool: 
País: Portugal (Alentejo)

Análise do vinho:

Vinho branco, cor dourado claro, límpido e brilhante.
No olfato franco, fresco, com aromas de frutas brancas maduras, vegetal, mel. Na boca apresenta boa acidez, encorpado, boa persistência, e retrogosto floral.
Experimentamos esse vinho com dois pratos típicos do Alentejo: Açorda de bacalhau e Sopa de cação.
Fizemos a harmonização no Canto dos Sabores, de comida bem caseira, fomos recebidos pela dona, Sra. Paula Monteiro. Restaurante muito acolhedor de comida caseira (no post da Açorda coloquei o endereço).
Harmonização

Esse vinho com esse prato casaram perfeitamente... 
Por o cação ter uma carne gordurosa, a acidez do vinho acompanhou de forma graciosa o peso do prato. Os aromas do vinho casaram com as ervas do tempero utilizadas no prato. O peso do prato e do vinho, os aromas de ambos, o contraste das temperaturas do vinho frio e da sopa quente, todo o conjunto harmonizou muito bem. Fora o ambiente e as companhias...

CASA COM VINHO

Sopa de cação Alentejana Casa com Herdade da Ajuda Branco Reserva 2012


Essa sopa de cação e muito tradicional da região do Alentejo. Alguns motivos da origem do prato podem ser a abundância do peixe na região,  não ser muito perecível e ser um peixe de baixo custo. Mas uma curiosidade: os portugueses usam vinagre nessa sopa para amenizar o sabor do peixe.

Sopa de cação Alentejana

Ingredientes:
1 kg de cação em postas
2 dentes de alho
1 ramo de coentro
5 Galhos de poejo
4 colheres de sopa de farinha de rosca
30ml de azeite
50ml de vinagre de vinho branco
1,2 lts de água
sal e pimenta do reino

Modo de Preparo:

1. Temperar o cação com sal, pimenta e metade do vinagre, deixar marinar 30 minutos na geladeira.
2. Cozinhar o peixe em água fervente com os temperos por 20 minutos. Reservar 1 colher de vinagre.
3. Engrossar a sopa com um pouco da farina de rosca, acrescentar o vinagre reservado.
4. Cozinhar mais 5 minutos e servir.

Veja a harmonização AQUI

Esse prato comemos em um Restaurante muito simpático e agradável, chamado Canto dos Sabores, de comida bem caseira, fomos recebidos pela dona, Sra. Paula Monteiro.
Vale a pena conhecer, fizemos um verdadeiro menu degustação...
Rua Capitão Custodio Janeiro Santana - Lote 7R/c - 7080 - Vendas Novas. Email: geral@cantodossabores.com

Herdade da Ajuda Reserva Branco Casa com Açorda de bacalhau

Vinho: Herdade da Ajuda Reserva Branco
Prato: Açorda de bacalhau (Veja a receita AQUI)
         Castas: Arinto e Antão Vaz 

         Safra: 2012
Vinícola: Herdade da Ajuda Nova
Álcool: 
País: Portugal (Alentejo)

Análise do vinho:

Vinho branco, cor dourado claro, límpido e brilhante.
No olfato franco, fresco, com aromas de frutas brancas maduras, vegetal, mel. Na boca apresenta boa acidez, encorpado, boa persistência, e retrogosto floral.
Experimentamos esse vinho com dois pratos típicos do Alentejo: Açorda de bacalhau e Sopa de cação.
Experimentamos esse vinho na própria Herdade da Ajuda Nova, com o enólogo Alberto Capitão. Apesar de termos chegado com chuva, vale uma visita ao local...

Harmonização

Apesar dos portugueses considerarem a Açorda um prato de restauro, após beber muito vinho, e um prato relativamente leve. O bacalhau escalfado (cozido no caldo), também ficou leve. 
O caldo com as ervas fica bem aromático, e combinou bem com os aromas do vinho. O prato no contexto geral: com o caldo aromático, o bacalhau e o ovo pocheado, casaram muito bem com o vinho, que na boca não parece ser tão estruturado, mas ele se manteve presente diante de todas as diversidades do prato.

CASA COM VINHO

Açorda de bacalhau Casa com Herdade da Ajuda Reserva Branco


Açorda e um prato típico da região do Alentejo (Portugal). Eles dizem que e um prato de restauração, após degustar muitos vinhos.
Como na maioria dos casos da historia da gastronomia, e um prato de aproveitamento de alimentos.
Consiste em um caldo aromáticos preparado a partir do cozimento do bacalhau, o qual era colocado sobre farias de pão (provavelmente eram amanhecidos), servido com pedaços de bacalhau e ovo escalfado (Ovos escalfados é um prato de culinária feito a partir de ovos de galinha. Os ovos são colocados inteiros, sem casca, numa panela de água quente, até cozerem por fora, deixado a gema líquida).

Açorda de bacalhau Alentejana

Ingredientes:
30ml Azeite
1 dente de alho amassado
Poejo picado
Coentro picado
1 Ovo
Lascas de bacalhau
Sal quanto baste

Modo de Preparo:

1. Cozinhar o bacalhau em água com o alho.
2. Quando estiver cozido acrescentar o poejo e o coentro picados.  Retirar o bacalhau. Reservar.
3. Escalfar o ovo em água (fazer tipo pochê).
4. Colocar o pão cortado em fatias ou cubos grandes no caldo e esquentar bem.
5. Servir o caldo com o pão, o bacalhau e o ovo por cima.

Veja a harmonização AQUI

Esse prato comemos em um Restaurante muito simpático e agradável, chamado Canto dos Sabores, de comida bem caseira, fomos recebidos pela dona, Sra. Paula Monteiro.
Vale a pena conhecer, fizemos um verdadeiro menu degustação...
Rua Capitão Custodio Janeiro Santana - Lote 7R/c - 7080 - Vendas Novas. Email: geral@cantodossabores.com

Visita ao Alentejo

Em dezembro tive a honra e o prazer de ser convidada pela Comissão Vitivinifera do Alentejo a conhecer a região. Fui informada de que seria um grupo de jornalistas do Brasil a fazer a visita.
Chegando ao aeroporto encontro Jeriel, viajamos juntos dia 20/01. Chegando a Portugal conheci Danilo Ucha e Pedro Mello (Assessor de Marketing do Antiquerius). Ótimos companheiros de viagem.
Fomos recebidos pela Sra. Maria Amelia da Comissão Vitivinifera do Alentejo de maneira excepcional.


Logo ao chegar já fomos a primeira prova de vinhos: Herdade da Ajuda Nova, fomos recebidos pelo Enólogo Alberto Capitão.



Trouxemos a chuva para a região...


Essa vinícola iniciou as atividades nos anos 70 produzindo uvas e em 1999 que passou a produzir vinho. Hoje são aproximadamente 121 hectares de uvas para vinhos brancos e tintos.
Degustamos 12 vinhos, e no próximo post colocarei alguns com os quais fizemos harmonização.




Dia 21_01_14

Fiz um pequeno vídeo com o resumo desse dia em Portugal...