quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Formação de Vinhos do Alentejo e Concurso

Você é profissional do vinho? Quer participar de um concurso? Essa é sua chance...

Acontecerá esse ano o Concurso de Melhor Sommelier do Brasil promovido pelos vinhos do Alentejo.
As cidades em que poderá participar são: Salvador, Brasília, Florianópolis ou Porto Alegre.

Abaixo as informações e inscrições AQUI




Degustação dos Vinhos do Alentejo em Belo Horizonte, Rio de Janeiro e São Paulo

Recebi a comunicação de mais um evento imperdível: Degustação dos Vinhos do Alentejo em três cidades.
Em São Paulo acontecerá dia 15/09/14 no Intercontinental São Paulo.
É um evento para profissionais e para amantes do vinho.

Inscrições pelo site: http://cadastro.vinhosdoalentejo.pt/

Vale a pena participar...




segunda-feira, 18 de agosto de 2014

Duo Ganache com Frutas da Estação Casa com Yardem Muscat


E a sobremesa dessa confraria das mulheres na Maison Bertin foi um Duo Ganache com Frutas da Estação. Além de bonito é fácil de fazer e muito gostoso. E o melhor é que podem ser usadas as frutas que gostarem mais...

Duo Ganache com Frutas da Estação

Ingredientes:
Ganache
500g Chocolate amargo ou ao leite
200g de Creme de leite de caixinha
500g de Chocolate branco
200g de Creme de leite de caixinha

Frutas
2 Mexericas
1 Caixa de morango
5 Kiwis
1 Embalagem de uva sem semente

Purê de Manga
2 Mangas Tommy ou Palmer
+- 100ml de Água

Modo de Preparo:
Ganache
1. Cortar o chocolate ou ralar. Levar o creme de leite ao fogo até começar a ferver, desligar e misturar o chocolate. (Se quiser uns pedacinhos de chocolate misture metade e a outra metade do chocolate, não todo de uma vez).
2. Fazer quenelles (você molda o chocolate com duas colheres, como o bolinho de bacalhau).
Achei um vídeo que demonstra a Quenelle...



Frutas
1. Descascar a mexerica e cortar a ponta de cima retirando os caroços.
2. Lavar bem o morango e tirar o cabinho, cortar ao meio ou deixar inteiro.
3. Descascar o Kiwi e cortar em fatias.
4. Lavar bem as uvas e separar pequenos cachos.

Purê de manga
1. Descascar e cortar as mangas, bater no liquidificador com um pouco de água (só para poder bater).

Montagem
1. Colocar um pouco de purê no centro do prato, uma quenelle branca e outra preta de cada lado e as frutas no centro.
Veja a harmonização AQUI

Vinho Yarden Muscat Casa com Duo Ganache com Frutas da Estação


Você já experimentou um vinho de Israel? Esse vinho de sobremesa é de lá e foi servido na Confraria das Mulheres da Maison Bertin. É um vinho bem agradável para acompanhar uma entrada ou sobremesa.
Vinho: Yarden Muscat Branco
Prato: Duo Ganache com Frutas da Estação (Veja a Receita)
         Castas: 100% Muscat

         Safra: 2011
Vinícola: Golan Heights (Yarden Wines)
Álcool: 14oC
País: Israel (Galiléia)

Análise do vinho:

Vinho branco, cor palha com reflexos dourados, límpido, brilhante.
No nariz apresenta notas de flor de laranjeira, casca de laranja, mel, com toques de fruta compotada e especiarias. Seu retrogosto mostra as flores e frutas do nariz, é untuoso, com boa acidez, não sendo excessivamente doce. Vinho muito agradável e persistente. 
Harmonização
A acidez do vinho combinou com a acidez das frutas e quebrou um pouco a untuosidade do chocolate. A untuosidade do chocolate combinou com a untuosidade do vinho. A doçura do prato e do vinho ficaram equilibradas. As frutas foram essenciais para o casamento entre o chocolate e o vinho. 
Casou muito bem, se quiserem experimentar...
No site da Maison Bertin hoje esse vinho custa R$ 93,50.

CASA COM VINHO

domingo, 17 de agosto de 2014

Polenta Mole com Ragu de Carne Casa com Vinho Beronia Reserva


O terceiro prato da confraria das mulheres na Maison Bertin foi um Ragu com Polenta Mole. Esse prato me remete às minhas origens italianas e é muito acolhedor no inverno. O que fiz para decorar que as meninas adoraram foi um Papel de Cenoura e desidratei espinafre também.

Ragu de Carne com Polenta Mole

Ingredientes:
2kg de Acém (a peça inteira)
300g de Cebola
300g de Cenoura
2 Talos de Salsão
45g de Alho
1,200kg de Tomate pelado
1,125lts Vinho tinto seco
200ml Azeite
1 Maço de tomilho
Sal quanto baste

Modo de Preparo:
1. Colocar a cebola, a cenoura, o salsão e o alho no processador e deixar tudo bem picado.
2. Temperar a carne com sal.
3. Aquecer uma panela grande e colocar metade do azeite, selar a carne de todos os lados.
4. Retirar a carne e reservar. Acrescentar o restante do azeite e dourar levemente os legumes.
5. Voltar a carne, colocar o vinho, o tomate pelado e o tomilho.
6. Temperar com um pouco de sal e cozinhar em fogo baixo, tampado de 3 a 4 horas.
7. Quando a carne estiver bem macia, quase desmanchando desligar.
8. Retirar a carne, deixar esfriar um pouco, desfiar.
9. Voltar a carne ao molho, corrigir o sal e aquecer bem para servir.

Polenta Mole

Ingredientes:
1kg de Fubá
4,500lts de Fundo de legumes
125g Manteiga
25g de Sal
150g de Parmesão ralado

Modo de Preparo:
1. Colocar o fubá em metade do fundo de legumes frio e misturar.
2. Levar ao fogo médio mexendo sem parar, quando começar a pular abaixar o fogo e ir colocando o fundo de legumes até o ponto desejado.
3. Ir acertando o sal (não esquecer que a manteiga e o queijo tem sal).
4. Quando chegar ao ponto desejado colocar a manteiga e o parmesão, desligar o fogo e servir com o ragú por cima.

Papel de Cenoura

Ingredientes:
1kg de Purê de cenoura
Silpat ou tapete de silicone

Modo de Preparo:
1. Espalhar com uma espátula uma camada fina de purê sobre o silpat.
2. Colocar o silpat sobre uma assadeira virada ao contrário (para apoiar).
3. Levar ao forno a 160oC por aproximadamente 40 minutos.
4. Deixar esfriar, cortar e usar para decorar.

Espinafre Desidratado

Ingredientes:
Folhas de espinafre bem secas
Silpat ou tapete de silicone

Modo de Preparo:
1. Espalhar as folhas sobre o silpat deixando um espaço entre elas.
2. Colocar o silpat sobre uma assadeira virada ao contrário (para apoiar).
3. Levar ao forno a 160oC por aproximadamente 40 minutos.
4. Deixar esfriar e usar para decorar.

Veja a harmonização AQUI

Quer saber qual é a Origem da Polenta?

Vinho Beronia Reserva Casa com Ragu de Carne com Polenta Mole


Esse vinho espanhol acompanhou muito bem o prato italiano que fiz na Confraria das Mulheres na Maison Bertin: Ragu de Carne com Polenta Mole.
Vinho: Vinho Beronia Reserva
Prato: Ragu de Carne com Polenta Mole (Veja a Receita)
         Castas: 90% Tempranillo, 5% Mazuelo e 5% Graciano

         Safra: 
Vinícola: Bodegas Beronia (Grupo González Byass)
Álcool: 13,5oC
País: Espanha (Rioja)

Análise do vinho:

Vinho tinto, cor rubi intenso com reflexos dourados, límpido, brilhante.
No nariz observamos frutas vermelhas silvestres, especiarias, um pouco de baunilha e couro. Na boca apresenta boa acidez, taninos elegantes, aveludado, bom corpo, persistente, retrogosto das frutas silvestres e especiarias. 
Harmonização
As frutas e especiarias do vinho combinaram bem com os ingredientes e temperos do ragu. O corpo do vinho acompanhou bem o peso do prato. A acidez do prato e do vinho se equilibraram. O tanino do vinho casou bem com a gordura e o corpo do prato. 
Foi uma bela harmonização, vale a pena experimentar.
No site da Maison Bertin hoje esse vinho custa R$ 111,10. Vale a pena, é um bom vinho.

CASA COM VINHO

sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Involtini de Frango Casa com Undurraga Aliwen Reserva Pinot Noir


O segundo prato que servi na confraria das mulheres na Maison Bertin foi um Involitni de Frango com Purê de Cenoura. É um prato bem leve e saboroso e estou colocando um prato semelhante no cardápio do Sorocaba Park Hotel.

Involtini de Frango com Purê de Cenoura

Ingredientes:
250g de Filé de peito de frango
Folhas de espinafre
50g de Cenoura julienne
50g de Abobrinha julienne
Raspas de limão
Folhas de tomilho
Sal quanto baste
Azeite quanto baste

Modo de Preparo:
1. Temperar o frango com sal.
2. Abrir o filé, colocar folhas de espinafre no meio, a cenoura e a abobrinha por cima.
3. Temperar com as raspas do limão, o tomilho, e o sal.
4. Enrolar como rocambole, fechar com filme plástico como se fosse uma bala dando um nó nas duas pontas.
5. Cozinhar no Fundo de Legumes virando às vezes por 10 minutos. Retirar e reservar.
6. Colocar azeite em uma frigideira e aquecer. Retirar o filme plástico e descartar.
7. Dourar o frango de todos os lados.
8. Para servir cortar o frango na diagonal.

Purê de Cenoura

Ingredientes:
250g de Cenoura cortada
50g de Cebola cortada
Sal quanto baste

Modo de Preparo:
1. Colocar a cenoura, a cebola e 400ml de água em uma panela.
2. Temperar com um pouco de sal.
3. Cozinhar até a cenoura ficar macia.
4. Tirar do fogo e bater tudo no liquidificador.
5. Levar ao fogo baixo e deixar secar um pouco.
6. Servir.

Veja a harmonização AQUI

Undurraga Aliwen Reserva Pinot Noir Casa com Involtini de Frango


Para o Involtini de frango que servimos na Confraria das Mulheres da Maison Bertin harmonizamos esse Pinot Noir com o prato. Aqui você encontra as características do vinho.
Vinho: Undurraga Aliwen Reserva Pinot Noir 
Prato: Involtini de Frango com Purê de Cenoura (Veja a Receita)
         Castas: Pinot Noir

         Safra: 2012
Vinícola: Viña Undurraga
Álcool: 14,5oC
País: Chile (Vale do Maipo)

Análise do vinho:

Vinho tinto, cor rubi claro, límpido, brilhante.
No nariz apresenta frutas vermelhas maduras, com um tostado bem discreto. Na boca apresenta boa acidez, corpo médio, persistência média. Para um Pinot Noir demonstra uma boa estrutura.
Harmonização
O aroma do vinho combinou com com os temperos do frango. O açúcar residual da uva casou bem com o adocicado do purê de cenoura. A acidez de ambos ficou bem equilibrada. Somente o corpo do vinho ficou acima do peso do prato, se sobressaindo. Se o prato fosse preparado com uma carne de boi acho que casaria melhor. 
As pessoas que experimentaram gostaram da harmonização. Se você testar me diga o que achou...
No site da Maison Bertin é possível encontrar esse vinho por R$ 44,00.

CASA COM VINHO

Tomate Cereja Recheado com Castanhas Casa com Remy Pannier Rosé D'Anjou


Dia 24/07 tivemos outra Confraria das Mulheres na Maison Bertin e criei outro cardápio especial para harmonizar. Uma entrada bem leve e pouco calórica para combinar com os vinhos...

Tomate Cereja Recheado com Pastinha de Cream Cheese, Manjericão e Castanhas

Ingredientes:
250g de Tomates cereja sem a tampa e sem o miolo
100g de Cream cheese
30g Castanha de caju
30g Amêndoas
1 punhado de Folhas de manjericão

Modo de Preparo:
1. Triturar as castanhas no processador, misturar o manjericão picado e por último o cream cheese.
2. Corrigir o sal.
3. Rechear os tomatinhos, decorar com uma folha de manjericão e servir.
Dica: Para o tomate parar, quando tirar a tampa cortar um pedacinho do fundo dele para ficar reto.

Como eu tinha Redução de Balsâmico usei para decorar o prato.

Veja a harmonização AQUI

Rose D'Anjou Remy Pannier Casa com Tomate Cereja Recheado com Pastinha de Cream Cheese, Manjericão e Castanhas


Para a Confraria das Mulheres na Maison Bertin de 24/07 harmonizamos esse belo rosé com tomate cereja recheado, confira a harmonização. 

Vinho: Rose D'Anjou Remy Pannier
Prato: Tomate Cereja Recheado com Pastinha de Cream Cheese, Manjericão e Castanhas (Veja a Receita)
         Castas: Cabernet Franc, Gammay e Crolleu 

         Safra: 2013
Vinícola: Rémy Pannier
Álcool: 10oC
País: França (Vale do Loire)

Análise do vinho:

Vinho rosé, cor salmão claro, límpido, brilhante.
No nariz percebemos frutas vermelhas e cítricas, muito fresco. Na boca apresenta ótima acidez, leve, frutado, vinho agradável, descomprometido.
Harmonização
A acidez do vinho combina muito bem com a acidez do tomate e da redução de balsâmico que utilizei para decorar. O corpo do vinho casa bem com o peso do recheio do tomate. O aroma do manjericão combinou bem com os aromas do vinho. 
Foi uma boa harmonização, esse vinho é ótimo para entradas e para dias quentes e sem compromisso. Hoje no site da Maison Bertin é possível encontrar esse vinho por R$ 63,50.

CASA COM VINHO

quinta-feira, 14 de agosto de 2014

Alentejo foi eleita a "Melhor região de enoturismo do mundo"


     Venho escrevendo sobre minhas andanças pelo Alentejo, como fui recebida de braços abertos visitando locais lindos e com vinhos e comidas deliciosas.
     Minha excelente experiência foi atestada pelo jornal USA TODAY que considerou o Alentejo como a "Melhor região de enoturismo do mundo" em uma votação promovida pelo Jornal norte-americano USA Today.
 

  O Alentejo competiu e venceu outras grandes regiões vinícolas como: Napa Valley (na California) e Champagne (na França).
     Um dos destaques na região é a Herdade do Esporão que recebe milhares de turistas de todo o mundo. Com um complexo pronto para receber visitantes para conhecerem e degustarem seus vinhos e azeites, sua produção, suas vinhas, adegas e caves.
     Além disso é possível almoçar no belíssimo restaurante comandado pelo Chef Miguel Vaz ou fazer passeios e piqueniques pela propriedade.


     A novidade deste verão na região são os sunsets aos finais de semana na esplanada, aproveitando uma bela seleção de petiscos e vinhos, acompanhados ao ritmo de música.

Para visitar:
Email: reservas@esporao.com
Tlf: +351 266 509 280

quarta-feira, 13 de agosto de 2014

Ótima oportunidade para conhecer bons vinhos, é amanhã...

Primeiro Festival de Vinhos no Shopping Higienópolis reúne ótimas importadoras.

     Amanhã (14/08/14) das 17h às 22 horas acontecerá no Piso Veiga Filho (Vão Central) do Shopping Higienópolis uma degustação de 50 tipos de vinhos, entre tintos, brancos e rosés, de diferentes uvas, safras e vinícolas.
     As importadoras que participarão são: Casa Flora, Decanter, Grand Cru, Inovini, Interfood, La Pastina, Max Brands, Mistral, Ravin, Wine Brands, World Wine e Zahil. Todas possuem excelentes rótulos.
     Para participar o consumidor deve comprar um ingresso  por R$ 70,00 na loja Emporium Dinis (piso Veiga Filho).
     E o mais interessante: no fim do evento o consumidor pode converter o valor pago pelo ingresso (R$ 70,00) por vinhos. Esse evento para maiores de 18 anos.

     O endereço do Shopping Pátio Higienópolis é: Avenida Higienópolis, 618, com entrada alternativa pelas ruas Dr. Veiga Filho 133 e Dr. Albuquerque Lins 1.345 (Piso Boulevard).
     Mais informações acesse www.patiohigienopolis.com.br e siga o Higienópolis pelas redes sociais: facebook.com/shoppinghigienopolis; @_Higienopolis (TW); @patiohigienopolis (Instagram) e flickr/shoppingpatiohigienopolis

sábado, 9 de agosto de 2014

Qual o melhor vinho do mundo?

Não existe apenas uma resposta para essa pergunta, mas várias.
É o vinho que mais gostamos? Ou nosso vinho do momento?
A bebida dita de Baco é bastante agregadora (dificilmente as pessoas tomam uma garrafa de vinho sozinhas).
Minha experiência de infância é bem diversificada, pois meus dois avós costumavam nos dar um gole de vinho quando éramos crianças.
Meus avós de São Roque eram pessoas simples, trabalhadores rurais. Quando questionado sobre vinhos meu avô Osmar afirmava categoricamente: o” melhor vinho é do seu Zé, os importados não prestam”.
O seu Zé possuía no fundo da sua casa algumas parreiras e produzia vinho e vinagre no mesmo local. Para fazer o vinagre existe uma bactéria no ar que transforma o vinho em vinagre.
Ou seja, todos os vinhos do seu Zé já estavam no caminho de se tornar vinagres. Além disso, eram muito marrentos, pois ele colhia as uvas verdes.
Meu outro avô era empresário. Viajou para vários lugares do mundo e, apesar de ser uma pessoa simples, costumava beber Veuve Clicquot, Freixenet, entre outras bebidas.

Assim, tive uma experiência vínica bem eclética e diversificada. E posso afirmar: o melhor vinho do mundo é o que te remete a recordações especiais, o que pode ser compartilhado com pessoas também especiais, o que completa um momento feliz.

segunda-feira, 4 de agosto de 2014

E-commerce de vinhos cresce no Brasil

A venda de vinhos pela internet vem crescendo de forma acelerada no Brasil, mas ainda existe preconceito e resistência por parte de alguns consumidores, porém é um caminho sem volta. A análise é de Almir Anjos, pós graduado em Marketing pela ESPM e sommelier especialista em e-commerce em vinhos.
A loja física ainda oferece a vantagem do contato pessoal do cliente com os profissionais especializados. Porém com as novas tecnologias e com um bom conteúdo, os meios virtuais estão ocupando o seu espaço minimizando a ausência do vendedor.
O consumidor virtual é diferente do cliente físico, apesar de várias pessoas comprarem pelos dois canais. O sommelier destaca que muitos ainda gostam de tocar o produto no momento da compra. E as lojas virtuais não oferecem produtos de alta gama em função de safras e de preços.
Anjos, ex-proprietário da Vinnobile e responsável pela compra de vinhos para a Evino, critica a forma como algumas empresas virtuais atuam enviando milhares de e-mails de promoções ao consumidor. “No futuro apenas empresas com uma seleção especial de vinhos e com foco no cliente permanecerão no mercado”, diz.
Para quem ainda não se rendeu à compra virtual o especialista observa as facilidades neste canal de consumo: segurança (recebendo em casa), competitividade em preços e curadoria na escolha dos vinhos procurados. Para os iniciantes no mundo do vinho Anjos sugere pesquisar preços e promoções, ler sobre os produtos e ver se eles se adequam à preferência pessoal se identificando com uma uva, país ou até com as condições de pagamento do site antes da aquisição.
Colaborador em várias revistas especializadas no setor vínico e autor do blog Vinho dos Anjos, o sommelier observa que o perfil de consumo do público brasileiro tem se modificado. “Não são apenas os vinhos chilenos e argentinos que estão na preferência do público brasileiro. Com o estudo e conhecimento as pessoas se abrem para experimentar novas possibilidades sem medo de errar, o que torna o trabalho do profissional do vinho bem mais gratificante”, avalia.
Para o leitor do Casa com Vinho, Anjos destacou a sua preferência pelas uvas Cabernet Sauvignon, Pinot Noir e Chardonnay. Também demonstrou a sua simpatia pelos vinhos franceses das regiões de Borgonha, Bordeaux e Chablis, e pelos espumantes nacionais.

Para os iniciantes, sugere o Manual Didático do Vinho – Iniciação a Enologia de Daniel Pinto.

sábado, 2 de agosto de 2014

Domínio da enogastronomia pode diferenciar os bons chefs e sommeliers

O mercado enogastronômico está crescendo depressa no Brasil e os profissionais que dominarem os dois segmentos: gastronomia e enologia se destacarão em suas áreas. A avaliação é do sommelier Álvaro Cézar Galvão. O profissional entender de técnicas de preparo culinário e quais as melhores combinações são os conhecimentos necessários para a criação do cardápio harmonizado com a carta de vinhos.
Há 15 anos, o sommelier abandonou os cálculos como engenheiro e se lançou ao mundo do vinho que ele mesmo se encarrega de definir como lúdico. Atualmente é consultor nas áreas de gastronomia, enogastronomia, bebidas fermentadas e destiladas e turismo do vinho. E um pouco da sua experiência ele divide pelo blog “O engenheiro que virou vinho”.
Para quem almeja ingressar no segmento enogastronômico Galvão sugere adquirir todo o conhecimento possível sobre o preparo, o tempero, a cocção até chegar à harmonização. “Faz toda a diferença ao elaborar um prato e ao servi-lo saber com qual vinho se deve harmonizar. Ajuda na confecção da carta de vinhos e do cardápio”.
Galvão diz que existem duas maneiras imprescindíveis de aumentar os conhecimentos: “Litragem” e viagens às regiões vinícolas. E alerta que atuar com vinhos nacionais ou importados exige a mesma preparação, estudo e conhecimento. Para ele, a diferença é que poucos profissionais conhecem a fundo os vinhos brasileiros, pois os pequenos produtores que possuem bons rótulos geralmente não chegam aos grandes centros.
Quanto ao seu vinho do momento Galvão recomenda El Guapo da Viña Las Niñas.  É um blend de Cabernet Sauvignon, Carmenère e Merlot do Vale do Colchagua (Chile).

E seu livro do momento é o Atlas Mundial do Vinho de Jancis Robinson e Hugh Johnson, dois grandes profissionais da área. Na verdade é um livro de cabeceira para quem quer ampliar seus conhecimentos.