segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Harmonizando Pedro Ximenez

Vinho: Pedro Ximenez Solera 1927
Prato: Mousse de chocolate amargo (Veja a Receita)
         Castas: 100% Pedro Ximénez 

         Safra: 1927
Vinícola: Alvear
Álcool: 16°
País: D. O. Montilla-Moriles

Análise do vinho:

Vinho de cor iodo escuro, brilhante.
No nariz franco, banana passa, frutas secas, mel. Na boca apresenta boa acidez, calda de ameixas, frutas secas em calda. Apesar da sua doçura, a acidez não deixa ser um vinho enjoativo.
Comprei o vinho no site da Peninsula, paguei aproximadamente R$ 160,00.
Harmonização
Fiz praticamente um menu degustação, e harmonizamos o vinho com varias coisas:





Chocolate amargo com laranja, panetone de frutas, damasco com gorgonzola, queijo brie com mel, gorgonzola, banana assada com açúcar e canela e mousse de chocolate.

Geralmente quando fazemos uma brincadeira assim, alguma coisa não casa tão bem, talvez o chocolate fosse um pouco doce demais. Mas todas as harmonizações combinaram muito bem, e muito difícil falar qual foi melhor.
A banana foi interessante pois ela estava bem acida e ressaltou a acidez do vinho, o gorgonzola com o sal e a gordura também combinaram bem.
Mas se quiser fazer uma brincadeira dessas, vale a pena...

CASA COM VINHO

Harmonizações com Pedro Ximenez


Comprei um vinho doce Espanhol muito especial chamado Pedro Ximenez. O processo de produção desse vinho e bastante trabalhoso, eles retiram um pouco do vinho das barricas de baixo e vão colocando nas barricas de cima. Por isso a denominação Solera 1927, quando foi iniciado esse processo nessa vinícola.
Fizemos alguns testes e harmonizações, um deles com mousse de chocolate, que colocarei a receita abaixo.
Mas o mais importante do vinho: são as companhias...

Mousse de Chocolate amargo

Ingredientes:
1Kg Chocolate amargo cortado
2 Colheres (sopa) Manteiga
8 Gemas
8 Claras em neve
500g Creme de leite fresco
50g Açúcar

Modo de Preparo:
1. Derreter o chocolate com a manteiga em banho maria.
2. Bater as gemas com o açúcar ate ficar um creme claro e fofo.
3. Bater o creme de leite ate ficar no ponto de chantilly.
4. Bater as claras com uma pitada de sal, ate o ponto de neve.
5. Tirar o chocolate derretido do banho maria, misturar com um pouco das gemas, depois acrescentar o restante e misturar delicadamente.
6. Misturar o chantilly e a clara em neve delicadamente.
7. Levar para a geladeira e deixar gelar antes de servir.

Veja as harmonizações AQUI


segunda-feira, 25 de novembro de 2013

Curso de Vinhos em Sorocaba

Gostaria de agradecer ao pessoal da Bertin de Sorocaba, principalmente ao Rodrigo, pela parceria de sucesso.
O curso foi muito bacana, descontraído, conseguimos transmitir muitas informações em pouco tempo.
Vamos nos preparar para o curso do ano que vem…

Algumas fotos para voces…
























terça-feira, 17 de setembro de 2013

Curso de vinhos em Sorocaba

Não sabe nada sobre vinhos?
Quer aprender de forma dinâmica e descontraída?
Quer ir à um restaurante ou à uma loja e saber o que comprar?
Em outubro, em Sorocaba teremos um curso rápido e descontraído...


domingo, 4 de agosto de 2013

Ventisqueiro Syrah Clássico Casa com Ragu de Linguiças com Lentilha

Vinho: Ventisquero Clássico Syrah
Prato: Ragu de Linguiças com Lentilha (Veja a Receita)
         Castas: Syrah 

         Safra: 2011
Vinícola: Ventisquero
Álcool: 14°
País: Chile (Valle Central)

Análise do vinho:

Vinho tinto, cor rubi, brilhante.
No olfato franco, frutas vermelhas e negras frescas, notas de especiarias, . Na boca apresenta boa acidez, corpo médio, demonstra as frutas e especiarias do nariz. 
As sugestões de harmonização da Wine.com são: massas com molho a base de tomate fresco e embutidos, pizzas, bife, file de frango empanado e churrasco .
Harmonização

O peso do prato e o peso do vinho foram compatíveis, o molho estava levemente adocicado, o que combinou bem com as frutas do vinho. As linguiças deixaram o molho um pouco salgado, o que fez sobressaltar um pouco o tanino do vinho. Não foi uma harmonização perfeita, mas pode acompanhar bem o prato.
Façam o prato e contem o que acharam... Vale a pena...
CASA COM VINHO

Ragu de Linguiças com Lentilha Casa com Ventisqueiro Syrah Clássico


Nesses dias de frio tive vontade de comer uma comida das minhas raízes: polenta. Meus avós comiam polenta no café da manhã antes de ir para roça. 
Era uma 5a feira, fiz um ragu de linguiças com lentilha e a polenta mole com fubá, parmesão e manteiga. Como ficou muito bom resolvi compartilhar com meu irmão e almoçamos juntos, e agora compartilho com vocês. 


Ragu de Linguiças com Lentilha

Ingredientes:
30ml Azeite
1 Linguiça calabresa defumada
1 Linguiça Portuguesa
1 Paio
1 Linguiça fresca
300g Cebola brunoise
2 Latas Tomate pelado
300g Lentilha

Polenta

100g Fubá
450ml Àgua
50g Manteiga gelada em cubos
100g Parmesão ralado
Modo de Preparo:

1. Tirar a pele das linguiças e cortar em cubos pequenos.
2. Aquecer o azeite em uma panela e selar as linguiças.
3. Acrescentar a cebola e deixar murchar.
4. Acrescentar a lentilha, o tomate pelado e água até cobrir.
5. Cozinhar em fogo baixo até a lentilha ficar macia.
6. No final experimentar o sal e corrigir somente se necessário.

Polenta

Modo de Preparo:

1. Ferver a água.
2. Polivilhar o fubá aos poucos, mexendo sem parar.
3. Acrescentar o queijo ralado, e os pedaços de manteiga gelada aos poucos.
4. Desligar e mexer para agregar.
5. Servir quente com o ragu por cima.

Obs: A polenta feita dessa maneira ficou parecendo aligot, muito boa.
Veja a harmonização AQUI

Qual é a Origem da Polenta?

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Sauternes Casa com Gorgonzola


Foto de Ivam Grambek
por Karina P. Papa
Vinho: Château Petit Védrines
Prato: Queijo Gorgonzola (importado), Queijo de cabra, Damasco, Castanha do Pará
         Castas: Muscadelle. Sauvignon Blanc. Sémillon 

         Safra: 2007
Vinícola: Château doisy-védrines
Álcool: 14°
País: França (Bordeaux)

Análise do vinho:

Vinho branco, cor dourado, límpido e brilhante.
No olfato franco, fresco, com aromas de frutas cítricas, frutas compotadas, frutas tropicais, mel. Aromático Na boca apresenta boa acidez, corpo médio, fresco. Vinho untuoso, equilibrado.
A sugestão de harmonização da WorldWine é foie gras, queijos azuis, como Roquefort e Gorgonzola, além de sobremesas com frutas amarelas e brancas.
Comprei esse vinho na Cellar Experts e em Maio/13 custou cerca de R$ 100,00.
Harmonização

O gorgonzola que comprei não era salgado, nem muito picante. Era um queijo bem cremoso e equilibrado. O vinho é muito equilibrado, com uma acidez excepcional, corpo médio. Combinou perfeitamente com esse vinho, pelas características de ambos descritas.
Na verdade fiz uma brincadeirinha inocente, comprei o gorgonzola, um queijo de cabra, o damasco e a castanha do pará (só para dar um crocante pois sabia que não ia harmonizar com perfeição).
O queijo de cabra ficou um pouco salgado para esse vinho, e o queijo também era muito encorpado. Sobressaiu um pouco ao vinho.
O damasco acompanhou bem o vinho pela acidez de ambos ser semelhante.
Vale a pena fazer essa brincadeira...
CASA COM VINHO

quinta-feira, 11 de abril de 2013

Bombocado de Mandioca Casa com Late Harvest Chileno





Eu, a Edna e a Jacinta fizemos um jantar com inspiração nordestina e a sobremesa foi Bombocado de mandioca. Harmonizamos com um vinho do Club des Sommeliers do Extra para harmonizar, foi uma boa harmonização.

Bombocado de Mandioca

Ingredientes:
3 xícaras (chá) de mandioca crua ralada 
1 xícara e ¾ de xícara (chá) de açúcar
2 xícaras (chá) de queijo ralado
3 colheres (sopa) de manteiga ou margarina
4 ovos inteiros
1 vidro pequeno de leite de coco
Manteiga e farinha para untar a forma


Modo de Preparo:

1. Em um recipiente coloque o açúcar, queijo ralado, meia cura ou parmesão, mandioca ralada, manteiga e os ovos levemente batidos.
2. Misture a cada ingrediente adicionado.
3. Agregue o leite de coco.
4. Coloque a massa obtida em assadeira retangular nº2, untada e polvilhada
5. Leve ao forno préaquecido à 180°C por 35 a 40 minutos.
Dica: Para fazer bombocado de coco, substitua a mandioca ralada por 200g de coco ralado.


Veja a harmonização AQUI

Late Harvest Casa com Bombocado


Vinho: Late Harvest Chileno Club dos Sommeliers (Veja a Receita AQUI)
Prato: Bombocado de Mandioca
         Castas: Sauvignon Blanc 

         Safra: 2009
Vinícola: 
Álcool: 13,5°
País: Chile - Maule Valley

Análise do vinho:

Vinho branco, cor dourado, límpido e brilhante.
No olfato franco, fresco, com aromas de frutas maduras como damasco e mel. Aromático na boca apresenta boa acidez, corpo médio, fresco. 
A sugestão de harmonização do Club dos Sommelieres é de sobremesas leves, à base de frutas frescas.
Harmonização
No evento que fizemos no Sorocaba Park Hotel, harmonizamos esse vinho com um Bombocado de mandioca, sorvete de creme e uma decoração de cocada escura.
Como a sobremesa não era muito doce, ao contrário, levemente salgada, esse vinho acompanhou bem o doce. Por ser um doce leve, com pouco açúcar, ele acompanhou o peso do vinho, que é médio, e a acidez do vinho casou bem com a gordura do doce.
CASA COM VINHO

Tropeiro do Sorocaba Casa com Chianti Club Des Sommeliers


Vinho: Chianti Club Des Sommeliers Extra
Prato: Tropeiro do Sorocaba
         Castas: Sangiovese 

         Safra: 2011
Vinícola: Cantine San Marco
Álcool: 12,5°

País: Itália - Toscana 

Análise do vinho:

Vinho tinto, cor rubi, límpido e brilhante.
No olfato franco, fresco, com aromas de frutas vermelhas. Na boca apresenta boa acidez, corpo médio, fresco, bastante frutado.
A sugestão do Club des Sommeliers é para acompanhar massas e carnes com pouca gordura.
Utilizamos esse vinho no nosso evento no Sorocaba Park Hotel, o Extra cedeu os vinhos, mas no site do Pão de Açúcar custa R$ 37,90  em Maio de 2013.
Harmonização

A picanha de sol suína elaborada no Sorocaba Park Hotel é leve, tem pouca gordura, e apesar de ser preparada como carne de sol, não é muito salgada.
Por esse vinho ser muito frutado ter pouco tanino, e ser leve, ele acompanhou bem o prato. A paçoca de carne seca, também foi bem com esse vinho, com sua leve picância, casou bem com o vinho.
Essa receita não colocarei para vocês, mas se quiserem experimentar vão até o Sorocaba Park Hotel, o prato completo tem outros elementos, esse foi apenas uma degustação, já que o principal foi a Moqueca de Siri Mole.

 A sugestão de harmonização desse prato no hotel são duas cervejas da Bamberg, mas o que vale é experimentar...

CASA COM VINHO

Moqueca de Siri Mole Casa com Frascati



Eu, a Edna e a Jacinta queríamos fazer um prato típico do nordeste: a Moqueca de Siri Mole. Essa iguaria custa R$ 120,00/Kg, e o pedido mínimo é de 10 kg. Para conseguirmos fazer o prato na nossa confraria fizemos um evento no Sorocaba Park Hotel no dia 11/04/13.
Foi muito bacana, o espaço deles é fantástico, conseguimos os vinhos do Extra do Club des Sommeliers para harmonizar, foi um sucesso.

Moqueca de Siri Mole

Ingredientes:

4 Siris Mole (médios 65g cada) limpos
50g Tomate concassé
30g Pimentão vermelho em Brunoise
10g Pimentão amarelo em Brunoise
10g Pimentão verde Brunoise
50g Cebola Brunoise
15g Alho Brunoise
30ml Azeite de dendê
20ml Azeite de oliva
60ml Suco de Limão
50ml Leite de coco
Sal quanto baste
50g Abóbora cozida e amassada
1 punhado de Coentro bem picado
1 punhado de Salsa bem picada

Modo de Preparo:

1- Colocar o azeite e o azeite de dendê em uma panela e suar a cebola e o alho.
2- Acrescentar os pimentões e deixar cozinhar uns minutos.
3- Acrescentar o tomate e a abóbora, o suco de limão, e o leite de coco.
4- Cozinhar um pouco (se precisar colocar um pouco de água).
5- Bater metade no liquidificador, voltar à panela. Corrijir o sal.
6- Temperar os siris com sal, colocar na panela e deixar cozinhar até ficarem macios.
7- Experimentar o sal, desligar o fogo, acrescentar o coentro e a salsa.
8- Servir com arroz branco.

É um prato bem leve e aromático, tem um pouco de acidez e doçura.
Na verdade o original não leva a abóbora cozida, como o tomate estava caro e feio resolvemos usá-la para aumentar o molho, e ficou uma delícia.
Para a harmonização veja Frascati Casa com Moqueca de Siri Mole

Frascati Casa com Moqueca de Siri Mole


Vinho: Frascati Club Des Sommeliers Extra
Prato: Moqueca de Siri Mole (Ver a receita sugerida da Chef Karina P. Papa AQUI)
         Castas: Trebbiano Toscano, Malvasia Candia 

         Safra: 2011
Vinícola: Cantine San Marco
Álcool: 12°
País: Itália - Lazio 

Análise do vinho:

Vinho branco, cor amarelo palha, límpido e brilhante.
No olfato franco, fresco, com aromas de frutas cítricas e frutas tropicais. Na boca apresenta boa acidez, corpo leve, fresco, equilibrado. Vinho sem compromisso.
A sugestão do Club des Sommeliers é para harmonizar com carnes brancas leves, frutos do mar, queijos pouco ácidos e aperitivos.
Utilizamos esse vinho no nosso evento no Sorocaba Park Hotel, o Extra cedeu os vinhos, mas no site do Pão de Açúcar custa R$ 27,71  em Maio de 2013.
Harmonização

O vinho acompanhou bem a moqueca de siri mole. Ambos são leves, a carne do siri é extremamente delicada. Como a moqueca tinha uma leve doçura, casou bem com o leve açúcar residual do vinho. A acidez dos dois também ajudou.
CASA COM VINHO

Saladinha, Melão com Presunto Royale e Vinagrete de Maracujá Casa com Espumante Brut Club Des Sommeliers Extra



Inspiradas pelo calor e por pratos do nordeste, eu, a Jacinta e a Edna pensamos em fazer um prato leve, com um toque defumado e notas adocicadas para entrada do nosso jantar.
Tínhamos que fazer uma entrada leve pois a moqueca de siri mole é leve também, e não comportaria algo pesado no início.

Saladinha, Melão com Presunto Royale e Vinagrete de Maracujá

Ingredientes:

2 Fatias finas de Melão
2 Fatias finas de Presunto Royale Sadia
Folhas nobres (Alface americana, Alface crespa, Alface crespa roxa, Radiccio)
30g Maracujá azedo
20ml Azeite de Oliva Extra Virgem
8g Sal
15ml Suco de limão

Modo de Preparo:

1- Misturar o maracujá, o azeite, o sal e o limão e mexer bem.
2- Colocar no prato a saladinha de folhas, ao lado as fatias de melão cortadas ao meio.
3- Disponha o vinagrete por todo o prato.

Para essa entrada podemos perceber vários elementos: a doçura do melão, o ácido do maracujá e do limão, o leve amargo do radiccio, o sal e a untuosidade do azeite.
Harmonizamos com um espumante brut e casou bem.
Se quiser ver a harmonização: AQUI

Espumante Brut Club Des Sommeliers Extra Casa com Saladinha, Melão com Presunto Royale e Vinagrete de Maracujá


Vinho: Espumante Brut Club Des Sommeliers Extra
Prato: Saladinha, Melão com Presunto Royale e Vinagrete de Maracujá (Ver a receita sugerida da Chef Karina P. Papa AQUI)
         Castas: Pinot Noir , Chardonnay 

         Safra: 
Vinícola: Vinícola Miolo Ltda
Álcool: 12°
País: Brasil - Vale dos Vinhedos 

Análise do vinho:

Vinho branco, cor amarelo palha, límpido e brilhante.
No olfato franco, com aromas de frutas cítricas, pão tostado. Na boca apresenta boa acidez, corpo leve/médio, equilibrado. Fresco e agradável.
A sugestão do Club des Sommeliers é para acompanhar frutos do mar , queijos delicados e aves.
O processo de vinificação é o tradicional método Champenoise em que o vinho é fermentado em garrafa (o mesmo método do Champagne).
Utilizamos esse vinho no nosso evento no Sorocaba Park Hotel, o Extra cedeu os vinhos, mas no site do Pão de Açúcar custa R$ 23,90  em Maio de 2013.
Harmonização

A acidez do vinho e seu leve açúcar residual combinaram bem com o maracujá e a doçura do melão. Como o defumado do presunto é bem leve, deu um toque interessante à harmonização. E o salgadinho do presunto e do molho completaram o belo casamento entre o prato e o vinho.
CASA COM VINHO