terça-feira, 24 de julho de 2012

Cogumelos recheados com anchovas Casam com Cordorníu Cava Pinot Noir


Esse ano ganhei um espumante de alguns amigos, mais precisamente um Cava da Espanha. Queria fazer algo que harmonizasse com esse Cava espetacular, fiz esses cogumelos recheados e harmonizaram muito bem. É um prato fácil, rápido e gostoso.

Cogumelos recheados com anchovas Casam com Cordorníu Cava Pinot Noir


Ingredientes:

25g de Pão fresco sem casca picado
60ml de Leite
450g de Cogumelos paris de tamanho médio
115g de Bacon em cubos pequenos
4 unidades de Filé de anchova picado
1 dente de Alho picado
1 unidade de Ovo batido
3 colheres (sopa) de Salsa picada
1 colher (sopa) de Orégano fresco
Sal e pimenta do reino quanto baste
45g de Farinha de rosca
60ml de Azeite de oliva
Ramos de orégano para enfeitar quanto baste

Modo de Preparo:


1- Pré-aqueça o forno a 200oC . Unte com azeite uma assadeira grande.
2- Coloque o pão em uma tigela pequena, adicione o leite e deixe de molho.
3- Remova os cabos dos cogumelos e pique-os bem. Coloque os cabos em uma tigela com o bacon, a anchova, o alho, o ovo, a salsinha, o orégano, o sal e a pimenta. Esprema o pão e junte à mistura. Misture bem.
4- Recheie os cogumelos com a mistura de pão, coloque-os na assadeira e salpique a farinha de rosca por cima. Borrife com azeite.
5- Asse na prateleira de cima do forno por 25 a 30 minutos, até que a parte de cima esteja crocante.
6- Decore com os raminhos de orégano e sirva.

Cordorníu Cava Pinot Noir Casam com Cogumelos recheados com Anchovas

Vinho: Cava Codorníu Pinot Noir Brut
Prato: Cogumelos recheados com Anchovas (Ver a receita sugerida da Chef Karina P. Papa AQUI)   
Castas: 100% Pinot Noir  
Safra: Não safrado
Vinícola: Codorníu S.A.
Álcool: 12° 
País: Espanha 

Análise do vinho:

Espumante de cor cereja pálido, com perlage fina e rápida, límpido e brilhante.
No olfato espumante franco, fragrante, com aroma de frutas vermelhas maduras, com toques cítricos. Na boca apresenta excelente acidez, corpo médio, com maciez, frescura. Apesar da leveza da pinot noir, o vinho mostra todo seu potencial na boca. Ao contrário do que encontramos em vários cavas, esse não apresenta nenhum toque de amargor.

Como ganhei de presente não tenho idéia do preço no Brasil, se quiserem conhecer um pouco da história conheçam o site da vinícola Codorníu.

Harmonização

Com os cogumelos recheados esse espumante casou muito bem. Como o espumante é muito elegante e com bom corpo, acompanhou bem o recheio com a presença do aliche e do bacon, seu leve açúcar residual harmonizou muito bem. Se o espumante apresentasse tanino e amargor, não conseguiria acompanhar os ingredientes salgados do recheio (que não foi o caso). A acidez do vinho também realçou muito o sabor do prato.
 Quer uma entrada diferente e fácil de fazer? Experimente esse prato. Esse Cava também vale a pena conhecer.
CASA COM VINHO